INFOLINE: +351 965 559 073
Escola de Mergulho - Sagres
Sagres - temp.
GUESTBOOK | RESERVAR
Sagres – Fim do mundo
End of the road - Vós encontrareis o Promontorium Sacrum ? Cabo de S. Vicente (Sagres). Este cabo deu nome à costa vicentina do Algarve – Portugal. Este pequeno paraíso em todos os aspectos, principalmente no mundo subaquático, sendo considerado um dos melhores sítios de mergulho do mundo. A Divers Cape, centro e escola de mergulho, certificada pela PADI, está inserida no Parque Natural da Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina. Os guias da Divers Cape leva-o a desfrutar e a descobrir segredos e belezas escondidas em naufrágios da 1ª e da 2ª guerras mundiais, em cavernas e grutas e em recifes cheios de vida e de muita cor. A Divers Cape providencia cursos com certificações internacionais, desde o básico até aos níveis profissionais. 
Sagres-End-of-road
Descobrir o Mergulho Oceanografia Sagres
Já desejou experimentar, a sensação de ter autonomia, para poder explorar o maravilhoso mundo subaquático, sem ter de passar por um intenso e prolongado treino?   Na Divers Cape oferecemos a possibilidade de experimentar o mergulho, com toda a segurança e autonomia de um mergulhador credenciado em apenas meio-dia.   Sob a total supervisão de um instrutor qualificado, aprenderá as regras básicas para poder explorar o mundo subaquático num modo descontraído e divertido.   Para o seu conforto e segurança, esta experiência é feita a partir de uma praia, com condições de piscina mas com uma vasta fauna subaquática, para que possa desfrutar ao máximo desta aventura.
DSD
Não há nenhuma espécie marinha endémica em Sagres. No entanto, temos uma grande biodiversidade, em que, em cada mergulho, podemos observar um relativo número de espécies diferentes.   Sagres não se encontra em nenhum limite de distribuição de espécies marinhas. Aqui pode-se observar tudo o que existe na costa portuguesa mas em maior abundância e mais facilmente, pois muitas vezes encontram-se a menores profundidades do que o normal.   Isto é justificável pelo tipo de fundo, a que a costa sudoeste apresenta, com uma forte componente de fundos rochosos e com muitos pontos conspícuos, tais como a Pedra do Gigante, a Ponta Ruiva, o Telheiro, a Atalaia, as falésias da Carrapateira e os Ilhotes do Martinhal.
Oceanographie